Google dá um toque mágico ao “Hum to Search” com nova animação

Lê o resumo

Lê o artigo completo

O Google, sempre inovando, acaba de dar um toque mágico a uma das suas funcionalidades menos conhecidas: o “Hum to Search”.

Se já te aconteceu estar com uma música na cabeça, mas não te lembrares do nome, esta ferramenta é para ti! Basta cantarolar ou assobiar a melodia e o Google faz o resto.

Uma animação que te vai encantar

A grande novidade é a animação renovada. Em vez da onda sonora tradicional, agora vais ver um globo a girar com pontos coloridos a saltar, criando um efeito visualmente apelativo e dinâmico.

Como usar o “Hum to Search”

Para experimentares esta funcionalidade, basta abrires a app Google no teu smartphone (iOS ou Android) e tocares no ícone do microfone com as quatro cores.

Depois, seleciona “Procurar uma música” e começa a cantarolar ou assobiar a melodia que tens na cabeça.

YouTube também entra na dança

O YouTube para Android também já conta com esta funcionalidade, permitindo-te identificar músicas diretamente nos vídeos.

E em breve, o YouTube Music também vai receber esta atualização, com a vantagem de poderes guardar a música encontrada na tua biblioteca.

Google Hum To Search

E o Gemini?

Infelizmente, o Gemini, o chatbot do Google, ainda não possui esta funcionalidade. Esperamos que em breve possas cantarolar para o Gemini e ele te diga qual é a música, tal como acontece com o Google Assistant.

Esta atualização do Google é mais um exemplo de como a tecnologia pode tornar a nossa vida mais fácil e divertida. Se és fã de música, não deixes de experimentar o “Hum to Search” e descobrir novas músicas de forma interativa e intuitiva.

Pontos Principais:

  • O Google aprimorou a animação do “Hum to Search”.
  • A nova animação apresenta um globo giratório com pontos coloridos.
  • O recurso permite aos utilizadores identificar músicas cantarolando ou assobiando.
  • A funcionalidade está disponível nos apps Google e YouTube (Android).
  • O Gemini ainda não possui o recurso “Hum to Search”.
Vitor Urbano
Amante de tecnologia, desporto, música e muito mais coisas que não cabem em 24 horas. Fundador do AndroidBlog em 2011 e autor no Techenet desde 2012.