Meta prepara-se para lançar três modelos de óculos inteligentes: do simples ao holográfico

Lê o resumo

Lê o artigo completo

Num bate-papo descontraído no canal de YouTube da Kallaway, Mark Zuckerberg, o homem por trás do Facebook, revelou que a Meta tem grandes planos para os óculos inteligentes.

E não estamos a falar de apenas um modelo, mas sim de três, cada um com capacidades diferentes para te surpreender.

Do básico ao futurista: um modelo para cada estilo

O primeiro modelo, os Ray-Ban Meta Smart Glasses, são óculos com um toque tecnológico. Com câmaras para registares os teus momentos e inteligência artificial para te ajudar no dia a dia, são perfeitos para quem quer dar os primeiros passos na realidade aumentada.

Mas se procuras algo mais completo, o segundo modelo é para ti. Além das funcionalidades do primeiro, este modelo conta com um ecrã para veres notificações, leres e responderes a mensagens sem tirares o telemóvel do bolso. Imagina receberes uma mensagem importante enquanto passeias pela rua e poderes responder sem perderes o ritmo.

E para os verdadeiros entusiastas da tecnologia, o terceiro modelo é a cereja no topo do bolo.

Com capacidade para exibir hologramas e interagir com amigos em qualquer canto do mundo, estes óculos são um vislumbre do metaverso que a Meta tanto ambiciona.

Imagina teres uma conversa com um amigo que está do outro lado do mundo como se estivessem na mesma sala. Incrível, não é?

Mark Zuckerberg Meta Rayban

Quando poderemos experimentar estas maravilhas?

Zuckerberg não revelou datas concretas para o lançamento destes modelos, mas garantiu que a Meta está a trabalhar arduamente para os trazer para as nossas mãos (ou melhor, para os nossos olhos) o mais rápido possível.

Confesso que fiquei entusiasmado com as novidades reveladas por Zuckerberg. Já experimentei alguns óculos inteligentes no passado, mas nenhum me convenceu totalmente. No entanto, a promessa de hologramas e interação social no metaverso é algo que realmente me cativou.

Acredito que os óculos inteligentes têm o potencial de revolucionar a forma como interagimos com o mundo e com as outras pessoas. Imagine poder ter informações relevantes sobre o local onde te encontras, traduzir placas em tempo real ou até mesmo jogar jogos imersivos com os teus amigos. As possibilidades são infinitas.

Um futuro promissor para a realidade aumentada

Claro que ainda há desafios a serem superados, como a duração da bateria, o conforto e, claro, o preço. Mas a Meta parece estar empenhada em tornar os óculos inteligentes uma realidade acessível para todos.

Estou ansioso para ver o que o futuro nos reserva nesta área e mal posso esperar para experimentar os novos modelos da Meta.

Quem sabe, em breve estaremos todos a usar óculos inteligentes e a viver num mundo onde a realidade e o virtual se misturam de forma perfeita.

Pontos principais:

  • Mark Zuckerberg revela planos da Meta para lançar três modelos de óculos inteligentes.
  • Os modelos variam em funcionalidades, desde câmaras e IA até hologramas e interação social no metaverso.
  • O terceiro modelo promete revolucionar a comunicação com hologramas e interação no metaverso.
  • Zuckerberg não especificou datas de lançamento, mas afirmou que a empresa está a trabalhar ativamente nos produtos.
Vitor Urbano
Amante de tecnologia, desporto, música e muito mais coisas que não cabem em 24 horas. Fundador do AndroidBlog em 2011 e autor no Techenet desde 2012.